Café e Corrida

O café aumenta a resistência na corrida

Quando a cafeína eleva as taxas de ácidos graxos livres no sangue, ativa o efeito que poupa as reservas de glicogênio (combustível energético limitante em provas de resistência, ou maratonas). Levando ao aumento da resistência do corredor.

É 2 em 1: desperta a atenção e deixa o coração sadio

O café estimula nosso sistema nervoso central, o que aumenta o estado de alerta, além de aumentar a circulação sanguínea e o funcionamento cardíaco — segundo estudo publicado por cientistas de Harvard, no periódico Circulation, o consumo moderado de café (de 3 a 4 xícaras diárias) pode diminuir em até 11% o risco de uma insuficiência cardíaca.

Captura de Tela 2016-05-25 às 15.37.26

Melhora o desempenho corporal

Graças ao estímulo aplicado pelo café na contração muscular, ganhamos melhorias no desempenho de exercícios de alta intensidade e baixa duração. Um alô para os velocistas!

Aumenta a energia

A cafeína é adrenérgica, isso quer dizer que ela dá aquele gás extra: um café curto 30 minutos antes e 30 minutos depois de qualquer atividade física potencializa a redução da massa gorda, o que ajuda qualquer atleta.

Deixa a vida mais leve

É isso mesmo, acontece que a cafeína funciona também como um antidepressivo leve, uma vez que aumenta a ação da dopamina, um neurotransmissor responsável por produzir a sensação de bem-estar — em conjunto com a sua corrida, é ruim da depressão te alcançar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s