Socorro meu filho não come fruta

Hoje venho escrever para vocês sobre um assunto que é rotina lá em casa, tenho dois filhos Lara 5 anos e Luiz 3 anos, e como toda mãe sempre queremos o melhor para nossos pequenos.

Captura de Tela 2016-06-23 às 16.22.04Vamos lá, no ano de 2010 nascia Lara, gordinha, cabeluda e  de olhos azuis, minha princesinha, os meses foram passando e chegou o dia de inserir o suco, pela expressão foi tipo: éca mamãe o que é isso, devolve meu leite, não foi fácil mas ela acostumou, mais um mês e veio a introdução da frutinha, e junto mais caretas e recusas e confesso não foi nada fácil, depois veio a papinha salgada, batemos no liquidificador, passamos pela peneira, amassavamos com garfo e nada, tentamos filminhos infantis, comer na calçada vendo o carro passar e assim foi uma luta com a alimentação e aquela pulguinha sempre atrás da orelha, e quando ela crescer e tiver sua própria escolha?

Para minha grande felicidade hoje ela é uma criança que não tem medo de experimentar, se não gosta também não a forçamos a comer, afinal ela foi lá e experimentou, paladar é paladar, ela come vários tipos de frutas (ama manga), legumes e verduras, e lembrando que tomate cereja é lanche da tarde.

No ano de 2013 nascia meu pecurrucho, forte, robusto e careca, os meses iam passando e minha agonia já era aparente, diante as dificuldades que enfrentamos com a introdução de alimentos na 1ª filha.

Chegou meu temio dia de introduzir o o suco e para minha surpresa ele tomou tudo, e chorou quando acabou… fomos para 1ª fruta, careta?? nenhuma, apenas sujeira por não saber comer, e papinha salgada? que maravilha comeu um prato enorme desde o primeiro dia, como no suco chorou quando acabou. Dias se passaram e essa rotina continuava, ele comendo frutas, legumes, chegou o dia do arroz e feijão e eu sempre me surpreendendo. Com 1 ano Luiz foi para o berçário, lá sempre foi uma continuidade de casa, mas aos poucos notei uma certa recusa para alguns alimentos, sim ele sentiu a separação.

Nessa época minha rotina alimentar não era regrada, comiamos muito industrializados e restaurantes eram opções na semana.

A dificuldade ia aumentando para comer frutas e sabe aquela história deixa amanhã eu tento de novo, come um biscoito de polvilho, sim fiz isso e ele acabou perdendo de vez o gosto por elas que são uma delícia.

image (3)Mudamos os hábitos alimentares da família, comemos mais saudável, frutas no café da manhã, legumes e saladas no almoço e jantar, sopa com legumes, e sempre incentivando ele a comer. Na escola foi criado um programa muito interessante que se chama “Que verdinho é esse”, tem ajudado muito, ele voltou a comer legumes, pois agora ele come verde para ser forte como o Hulk, e as frutas? Essas ainda não voltaram para o rotina dele, mas todos os dias oferecemos, incentivamos e comemos em família, ele já começa a ter coragem de lamber ao menos a laranja, e colocar a uva na boca (mas não mordeu).

Desistir? Não está nos meus planos, com incentivo ele vai voltar a experimentar e o que não gostar, não precisa comer.

É isso ai mamães, mesmo com estilo de vida saudável também tenho dificuldades com as crianças, que vejo ser normal, e você tem alguma dica pra me ajudar?

Beijos

Leda

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s