Mulheres tem necessidades nutricionais especiais?

Evidentemente, homens e mulheres possuem características biológicas distintas que influenciam sobre os resultados da malhação. Naturalmente, as mulheres possuem maior dificuldade em desenvolver músculos em relação aos homens por terem menos concentração de testosterona, um dos principais hormônios ligados ao crescimento da massa muscular. Da mesma forma, por questões biológicas, elas possuem maior tendência ao acumulo de gordura. Porém, isso não significa que mulheres não possam alcançar resultados tão satisfatórios quanto os homens nessa prática esportiva – uma alimentação adequada pode a garantir o bom desempenho também das adeptas da prática. Do ponto de vista nutricional, ambos os sexos tem necessidades nutricionais similares, porém, determinados hábitos alimentares femininos podem influenciar significativamente (e até negativamente) nos resultados do treino:

 

Captura de Tela 2016-08-08 às 21.12.27Ingestão de carboidratos: É preciso desmistificar o consumo de carboidratos – eles não são os vilões da dieta, muito pelo contrário: são essenciais para quem pratica musculação. Mesmo quando o objetivo é o emagrecimento, esses itens jamais devem ser excluídos do cardápio. Por serem a principal fonte de energia do corpo, seu consumo qualificado é primordial para que se evite o catabolismo muscular durante os treinos. “O ideal é que a mulher aposte nos carboidratos complexos de baixo índice glicêmico, além de serem digeridos de forma mais lenta e aumentarem a sensação de saciedade, liberam glicose aos poucos, prolongando a oferta de energia.” – explica a nutricionista. Ou seja, a famosa batata doce não deve ser exclusividade do cardápio deles, esse carboidrato pode perfeitamente fazer parte da marmita da mulherada. Porém, para aquelas que acham o alimento pesado, essa não é a única opção: brócolis, ervilhas, lentilhas, cenoura e até mesmo feijões são boas alternativas.

Captura de Tela 2016-08-08 às 21.19.59Ingestão de proteínas: Não se limite ao filé de frango e ao peito de peru. Ainda que os cortes sejam uma ótima opção para quem deseja perder peso, a ingestão diversificada de proteínas merece atenção especial. Sem proteínas, o crescimento e manutenção da massa magra é significativamente prejudicado. Portanto, consumir diversas fontes de proteínas como ovos, leite, queijos e carnes preferencialmente magras são essenciais para fornecer ao corpo o material necessário para o desenvolvimento muscular. “O recomendado é que a mulher que pratica atividades físicas regularmente consuma de 1 a 1,2 gramas de proteína por quilo de peso. É importante ressaltar que esse alimento, deve estar presente de forma fracionada em todas as refeições do dia, também deve-se optar, preferencialmente, por aquelas as de alto valor biológico.”

Captura de Tela 2016-08-08 às 21.20.27Ingestão de gorduras: Sim, sua ingestão boa também é indispensável para a boa forma! Os lipídeos, mais conhecidos como gordura, desempenham diversas funções importantes para o organismo: fortalecem o sistema imunológico, tem efeito antioxidante e são estão relacionados à síntese de diversos hormônios. Porém, é de suma importância ressaltar que mesmo o consumo de gorduras boas deve ser moderado. Alimentos classificados como fontes de gorduras saudáveis são: o abacate, oleaginosas e sementes; peixes como o salmão, sardinha e atum; azeite e óleos vegetais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s